Policiais resgatam cachorro após denúncias de maus-tratos no RJ

Lívia Marra

Sansão passou ao menos dois anos preso no terreno de uma churrascaria abandonada no bairro de Bonsucesso, no Rio. Ali não havia condições de saúde ou alimentação adequada, segundo denúncias. Mas a vidinha do cachorro mudou nesta terça (5), quando ele foi  resgatado pela polícia, em uma ação para marcar o Dia do Meio Ambiente.

Ao chegar para apurar a informação de maus-tratos recebida por rede social, os  policiais civis do Núcleo de Proteção aos Animais foram acompanhados por pessoas  que estavam no entorno. Um grupo que assistiu ao trabalho aplaudiu o resgate.

Segundo a denúncia, o animal era mantido preso a uma corda e convivia  com ratos e pombos. Ficava a maior parte do tempo deitado, sem abrigo apropriado, de acordo com informações da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente do estado.

Sansão foi acolhido pela ONG Paraíso dos Focinhos, onde receberá os cuidados necessários e, depois, será colocado para adoção.

A polícia agora quer identificar o responsável pelos maus-tratos. Uma investigação foi aberta, e testemunhas  deverão ser intimadas para depor.