Saiba quando e por que cortar as unhas do cachorro

Lívia Marra

As unhas de cães e gatos crescem continuamente, assim como as dos humanos, e, por isso, precisam de cuidados constantes. Unhas grandes podem significar dor para o animal e risco de ferimento também no tutor.

Mas nem todo animal precisa cortar as unhas. No caso de cães que fazem atividades e caminhadas, o desgaste pode ser natural, no atrito com o solo. Já aqueles que vivem em apartamentos ou em pisos lisos, precisam de ajuda periodicamente.

Unhas grandes interferem na forma como o animal pisa, provocam problemas de postura e até quedas, já que o pet perde o contato das almofadinhas, segundo a médica veterinária Carla Berl, fundadora da rede Pet Care.

Longas, elas também podem se enroscar em algo e serem arrancadas acidentalmente, causando muita dor e sangramento.

De acordo com a veterinária, animais idosos, que andam pouco, devem ter as unhas aparadas frequentemente para evitar desequilíbrio e desconforto ao caminhar.

A preocupação se estende aos gatos. Eles adoram arranhar os móveis em casa, mas esse desgaste não costuma ser o suficiente. No caso dos felinos, unhas cortadas também evitam acidentes por arranhaduras na hora de medicar ou mesmo pegar no colo. Trata-se de aparar, e não extrair as garras dos bichanos, prática comum nos EUA e proibida no Brasil.

CORTAR A UNHA EM CASA?

O tutor pode cortar a unha do pet em casa, e há equipamentos próprios para isso. Mas não é tarefa fácil, e a recomendação é deixar essa missão para um profissional.

Conforme a veterinária, o limite de corte é mais fácil de ser identificado em unhas claras. Nas mais escuras, o vaso que irriga a unha não fica tão visível, e se o corte for feito em lugar errado haverá sangramento intenso e muita dor. Com o trauma, o animal pode relutar na próxima tentativa e até morder para evitar o corte das unhas.

CUIDADOS

A frequência entre os cortes varia conforme o animal e seu estilo de vida.

Segundo a rede Petz, uma dica é ficar atento aos passinhos do bichinho. Se ouvir aquele “tique-tique” ao caminhar pela casa, é sinal de que as unhas estão grandes.

Animal que toma banho em pet shop geralmente volta com as unhas aparadas. Mas se o tutor quiser encarar o desafio em casa deve se preparar e tomar alguns cuidados. Veja as recomendações da rede de pet shops:

– Antes de mais nada, converse com um veterinário, que poderá orientá-lo sobre a forma correta;

– Use apenas cortadores de unhas específicos para cachorros e de tamanho adequado para o porte do seu animal;

– Procure imobilizar o cão na hora do corte; movimentos bruscos aumentam o risco de acidentes;

– Vá aos poucos: é melhor cortar menos do que passar do limite e pegar um vaso ou terminação nervosa;

– Incline o alicate em um ângulo de 45 graus, seguindo sempre o formato da unha;

– Ao final, dê um petisco ao bichinho, assim ele passará a associar o corte a uma sensação agradável.

(Imagem: Adobe Stock)