Cãozinho é companheiro de aventura de menino em animação da Disney-Pixar

Por Lívia Marra

Um menininho aspirante a músico tem a companhia de um cãozinho de rua durante a busca por seu sonho em “Viva – A Vida é Uma Festa”, da Disney-Pixar, que chega ao Brasil em janeiro.

Na animação, o mexicano Miguel sofre com a decisão de sua família de banir canções e instrumentos de suas vidas, por gerações.

Mas, para provar seu talento e poder ser ser músico, o garoto se envolve em uma aventura em plena comemoração do Dia dos Mortos —quando os mexicanos festejam e lembram dos antepassados com fotos e oferendas.

E é no Mundo dos Mortos que Miguel –com o cãozinho protetor Dante sempre ao lado– descobre a verdade por trás da história de sua família.

Com muita música e muito colorido, a animação faz rir, mas também tem aquele momento cisco no olho.

Dirigido por Lee Unkrich (“Toy Story 3”), codirigido por Adrian Molina (story artist de “Universidade Monstros”) e produzido por Darla K. Anderson (“Toy Story 3”), o filme estreia nos cinemas brasileiros em 4 de janeiro.

(Fotos: Lívia Marra/Folhapress)

ESTOPINHA

Estopinha, um dos pets mais famosos do país, é divulgadora da animação, em uma parceria com a Disney –ela deverá atuar nas redes sociais.

No sábado (2), ela e o irmão, Barthô, participaram de um encontro após apresentação do filme para a imprensa e convidados, em São Paulo. Tiraram fotos, receberam carinho e “conversaram”, com alguns latidinhos e abanadinhas de rabo.

“O filme tem pilares que têm tudo a ver com a Estopinha e com a família Rossi. Um deles é a festa, e para a Estopinha a vida é uma festa. Para ela não tem tempo ruim, para o cachorro sempre está tudo bem. O filme também aborda a questão da família, e a nossa família é composta por mim, Alexandre [Rossi], dois cachorros e um gatinho, uma família muito unida e muito amada —e eles três são membros da família, sim”, diz Cynthia Macarrão, mulher do especialista em comportamento animal Alexandre Rossi e “mãe” da Estopinha e do Barthô.