Cães podem sofrer mais com alergias na primavera; veja dicas

Por Lívia Marra

Alergias em animais podem ocorrer com mais frequência na primavera — assim como o pólen e picadas de insetos causam reações nos humanos.

Espirros e prurido pelo corpo são os sinais mais evidentes. Segundo a veterinária Carla Storino Bernardes, da Cobasi, estudos indicam que ao menos 30% da população de cães no Brasil têm problemas relacionados a alergias que podem agravar mais nesta época do ano.

Algumas dicas simples podem ajudar os pets:

– mantenha a grama baixa;

– lave caminhas e cobertas;

– deixe vasos em locais altos para evitar o contato direto dos animais;

– escove o bichinho com frequência para diminuir causas externas de alergia.

“Se o cão apresentar falhas de pelo, prurido pelo corpo, odor diferenciado, oleosidade excessiva, o ideal é que ele seja levado ao médico veterinário de sua confiança o mais breve possível”, afirma Carla.

De acordo com ela, como as doenças dermatológicas são muito parecidas é importante que um profissional faça o diagnóstico e oriente o tratamento correto. “Erros no diagnóstico e tratamento podem agravar o problema de pele do seu animal”, afirma.