Vira-lata é maioria em lares brasileiros, mostra pesquisa; veja lista dos preferidos

Por Lívia Marra

Os vira-latas são maioria nos lares brasileiros, segundo pesquisa feita pelo Instituto QualiBest com tutores em todo o país.

Conforme o levantamento, os sem raça definida estão em 41% das casas –a maioria das classes C e D– e são os que menos apresentam problemas de saúde; 33% desses cães foram encontrados abandonados nas ruas.

X

Depois do vira-lata, aparecem poodle (11%), pinscher (7%), labrador (5%, a maioria criada em casas), pit bull (3%, a maioria machos) e lhasa apso (3%).

Conforme os entrevistados, os lhasa são os que mais viajam com os tutores (26%) e os que mais dormem com eles na cama (52%); 37% afirmam que sempre comemoram o aniversário do cão.

Para entender os hábitos dos donos de pets, o instituto ouviu 7.084 pessoas com mais de 18 anos e afirma que a margem de confiança da pesquisa é de 95%. Entre os entrevistados, 65% possuem e são responsáveis por pets. Desses, 79% têm cães, 39% gatos, 19% aves e 10% peixes.

CUIDADOS

A pesquisa mostra que os tutores também se preocupam com alimentação e saúde dos cães.

Do total, 56% das pessoas ouvidas afirmam levar o pet para vacinação de uma a duas vezes ao ano, e 58% levam para o banho de uma a duas vezes ao mês.

Sobre alimentação,  38% dos cães come ração específica para seu porte e 12% recebe a mesma comida preparada para a família.

Entre os entrevistados, 61% disseram sentir falta de “algum produto ou serviço no mercado”, o que inclui  alimentos isentos de conservantes, falta de soluções em diversão e relaxamento e aplicativos específicos para seus pets.