Cachorrinho Nacional se recupera após ser agredido com tesoura  na rua

Por Lívia Marra

Adotado por um posto de combustíveis e com crachá de funcionário, o cãozinho Nacional é famoso e querido em Jaú, interior de São Paulo. Mas passou por um susto no último sábado (20), quando foi agredido com uma tesoura, na rua.
Segundo informações do posto –que tem o mesmo nome dado ao bichinho–, o agressor é um morador de rua que já havia implicado com o cachorro em outras ocasiões. Ele foi ouvido pela polícia e liberado.

Nacional foi ferido quando atravessou a rua, onde estava o agressor. Imediatamente um funcionário do posto correu atrás do cachorro, que foi levado ao veterinário e recebeu quatro pontos na região da barriga.

Para justificar a agressão, o homem teria dito que o cão havia avançado contra ele.

De acordo com informações do posto, Nacional continuará morando no local, apesar do ataque, porque já está habituado ali. Mas a atenção para protegê-lo será redobrada.

X

CHEGOU E FICOU

O cachorro vive no local há cerca de oito meses. Chegou de repente, meio arisco, mas fez amigos e se incorporou à equipe de funcionários.

“Ele fica com o guarda a noite toda, e o dia todo recepciona os clientes. Ele fica solto, mas como já é rotina dele, não sai de lá. Para fazer as necessidades, atravessa a rua para ir a um terreno baldio”, afirmou Beatriz Furlanetto, filha do dono do estabelecimento, em abril, quando o Bom Pra Cachorro contou a história do Nacional.

Ele tem idade estimada entre 8 e 9 anos.