Cão nasce sem duas patinhas, mas pula, brinca e mostra superação; conheça Pippin

Por Lívia Marra

Pippin pula, brinca e faz bagunça como qualquer filhote. O cãozinho, agora com aproximadamente quatro meses, nasceu sem as duas patinhas da frente, mas mostra superação dia a dia e parece ser bastante independente.

“Ele é extremamente feliz e saudável. É um filhote normal, só faltam as patinhas da frente. Cães podem se  adaptar incrivelmente bem às circunstâncias de suas vidas”, disse ao blog Ward Wells, que, ao lado da mulher,  Cheri, cuida do LoveyLoaves, uma ONG dedicada à reabilitação de cães  com necessidades especiais em Orlando (EUA). 

X

Segundo ele, são poucas as informações sobre o histórico do cãozinho. O que se sabe é que alguém levou três filhotinhos a um abrigo na cidade e, então, o LoveyLoaves foi acionado para ficar com o bichinho deficiente.

Quando estiver maiorzinho, Pippin  deve ganhar uma cadeirinha de rodas para auxiliar  sua mobilidade. “Embora, como você pode ver em nossos vídeos, ele fica bem mesmo sem  um carrinho”, afirma Ward.
O cachorrinho ainda não está pronto para ser colocado à adoção. Quando isso acontecer, terá também todo o acompanhamento necessário às suas necessidades. “O futuro dele vai ser incrível”, afirma Ward.