Além de pesticidas, plantas e alimentos também podem intoxicar animais; saiba o que fazer 

Por Lívia Marra

Não apenas pesticidas podem envenenar um pet. Plantas, animais peçonhentos e alimentos também são causas de intoxicação.

Se parece óbvio que o bichinho deve ficar longe de inseticidas em casa, o cuidado também vale para que o animal evite brincadeiras –que podem acabar na ingestão– com plantas como espada de são Jorge, comigo ninguém pode, azaleia e violeta. E deve manter distância de chocolate, uva passa, macadâmia, leite, café e até cebola e alho.

Em caso de envenenamento, o contato rápido com o veterinário pode salvar a vida. E quanto mais detalhes sobre a causa da intoxicação melhor para o tratamento emergencial.

Ao procurar o médico, o tutor deve estar munido de informações como rótulo de produto, planta ou alimento ingerido pelo pet ou identificar o animal peçonhento responsável pelo ataque ao bichinho.

Mas como identificar os sintomas? O que fazer até chegar ao veterinário? Receitas caseiras funcionam?

SINTOMAS

Segundo a veterinária Carla Storino Bernardes, da Cobasi, animais envenenados costumam apresentar perda de equilíbrio, salivação seguida ou não de vômito, diarreia, apatia –sem resposta a estímulos–, tremores musculares que podem progredir à fraqueza, sangue na urina ou nas fezes e, em quadros mais graves, convulsões.

O QUE FAZER

Se houver ingestão de veneno industrial, o tutor deve correr ao veterinário levando o rótulo do produto, para que o profissional identifique a substância e o tratamento.

No caso dos gatos, que costumam dar voltinhas pela vizinhança,  o problema pode ser ainda mais complicado, já que correm o risco de ingerir o produto longe de casa, sem dar pistas do problema ao tutor.

“Notamos que os cães visitam com mais frequência as clínicas em casos de envenenamento, pois os gatos acabam muitas vezes morrendo antes de retornar à residência. Infelizmente os gatos sofrem com diversas formas de maus-tratos”, diz Bernardes.

De acordo com ela, se o pet for atacado por animal peçonhento, o ideal é identificar o responsável pela picada, para que o veterinário aplique o tratamento correto rapidamente.

RECEITA CASEIRA? INDUZIR O VÔMITO?

Segundo a veterinária, receitas caseiras para tentar reverter a intoxicação, como oferecer leite ou ovo cru ao animal, não funcionam e podem agravar a situação.

“O uso de leite deve ser proibido, pois pode alterar ou potencializar a toxicidade do veneno”, afirma.

Para ela, induzir o vômito também não é uma boa opção, “pois poderá piorar o quadro de intoxicação ou até mesmo causar danos no trato digestivo do animal”.