Com vigília em hospital, cão ajuda tutor a reencontrar família em SP

Por Lívia Marra

O vira-lata Marronzinho, que demonstrou toda amizade e lealdade ao esperar na porta do hospital pelo tutor, foi o responsável pelo reencontro entre seu dono –morador de rua em Limeira (SP)– e a família.

Eles perderam contado havia cerca de dez anos. No entanto, a atitude do cão, de não desgrudar do tutor nem quando ele era levado de ambulância para o hospital, chamou a atenção. Marronzinho e Sandro viraram notícia, que se espalhou e chegou à família.

Os parentes procuraram a ONG Anjos da Noite, que acolheu Sandro e o cão, e o reencontro aconteceu neste sábado (25), segundo a Alpa –associação protetora de animais, que cuidou do Marrom enquanto o dono estava internado.

Agora, o rapaz e a família têm planos juntos, sempre com Marronzinho ao lado.

REENCONTRO

X

O morador de rua precisou ser internado no último dia 15, quando passou mal.

Insistente, o cachorro  acabou sendo levado junto com o rapaz, na ambulância, até o hospital.

Na unidade de saúde, o cachorro conseguiu entrar na sala onde o tutor era atendido, mas acabou esperando do lado de fora quando o morador de rua dog levado à UTI.

A espera foi longa para Marronzinho. Com pulgas e carrapatos, ele foi levado para uma clínica e ficou sob custódia da Alpa. Foi medicado e recebeu vacinas.

Enfim, no último dia 23, o tutor teve alta e aconteci o reencontro. passou dias A espera de uma

O cachorro demonstrou como a saudade era grande. Cheirou, rodeou e acabou fazendo graça, de barriga pra cima, aos pés do tutor.
Do hospital, ambos foram levados a um abrigo da ONG Anjos da Noite, onde continuam juntinhos.