Ice, o primeiro cão salva-vidas do país, começa a atuar em praia

Por Lívia Marra

Ele treinou duro com os Bombeiros e agora já pode atuar nas praias de Santa Catarina. Ice, 7, é o primeiro cão salva-vidas do Brasil.

Os trabalhos começaram na segunda-feira (16), na praia de Cabeçudas, em Itajaí. A missão do labrador é auxiliar salvamentos marítimos, levando um flutuador a uma vítima de afogamento, quando o número de pessoas em risco for maior do que o de guarda-vidas no local.

“Conseguirmos ótimos resultados nos treinamentos”, diz ao Bom Pra Cachorro o sargento Evandro Amorim, que cuida do cachorro desde os dois meses de vida.

Agora quem vai conduzir o cão nas atividades é o soldado Thiago Evandro Amorim, filho do sargento. “O treinamento levou 11 meses e continua sempre, até que o Ice pare de trabalhar”, afirma Evandro.

Ice trabalha das 15h às 20h, quando a temperatura já não é tão alta, e também usa uniforme, como os colegas humanos. Por enquanto, não precisou entrar na água para auxiliar nos resgates.

Considerado um dos melhores cães de busca em terra da América Latina –ajudou, por exemplo, no socorro às vítimas do rompimento da barragem em Mariana–, o labrador tem certificações internacionais e uma vez por semana é ‘voluntário’ em um hospital de Itajaí. Com isso, às quartas, o labrador não vai à praia para trabalhar.

X

SALVAMENTOS

O projeto-piloto com Ice, desenvolvido pelo 7º Batalhão dos Bombeiros, em Itajaí,  é inspirado em um modelo italiano que usa cachorros em salvamentos marítimos.

Segundo o sargento Amorim, outros cães estão em treinamento e devem ser aproveitados na próxima temporada.

“Acredito que em breve teremos diversos cães atuando no litoral brasileiro”, diz.

X