Cachorro pode ir à praia? Otite, alergias e verme do coração são riscos

Por Lívia Marra

Certamente você já viu um cachorro brincando todo feliz na praia, correndo na água, rolando na areia. Mas essa combinação pode representar alguns riscos para o pet.

Para um passeio tranquilo e sem incômodos ao animal, o tutor deve adotar cuidados, como hidratação e higiene.

Mas, antes de viajar, deve consultar o veterinário, já que a praia pode ser fonte de problemas dermatológicos e da dirofilariose, doença também conhecida como verme do coração e que pode ser evitada com vermifugação.

“Essa enfermidade é transmitida por mosquitos, presentes no litoral. O parasita se aloja no coração do bichinho, e os sintomas podem demorar anos para se manifestarem. Outro ponto de alerta é que ela é transmissível aos humanos, podendo provocar problemas pulmonares”, diz Renata Piazera, farmacêutica da Fórmula Animal.

PODE IR À PRAIA?

Algumas praias não permitem a presença de animais. Mas, se no seu destino houver local que receba os pets e se você quiser a companhia dele na areia, cuidado com o sol.

A regra, que vale também para os tutores, é evitar exposição entre as 10h e as 16h e passar protetor solar, para evitar câncer.

No caso dos bichinhos, há produto específico. Deve ser usado, sobretudo, nas orelhas e focinhos e, nos de pelagem clara ou curta, também no tronco, afirma a veterinária Carla Storino Bernardes, da Cobasi.

E lembre de oferecer água e refrescar o animal.

“O correto é evitar expor os animais em sol forte. Porém se for inevitável, o ideal é que o tutor ofereça constantemente água fresca ao cão e borrife água para amenizar a temperatura corporal”, diz.

Calor, areia e a água também podem provocar dermatites, conjuntivite e complicações intestinais.

“O contato com a areia pode provocar essas doenças, porque, infelizmente, a praia é repleta de fezes de outros animais, que são fontes transmissoras. A água salgada do mar também é um perigo aos pets, pois aumenta as chances de inflamação de ouvido e alergias oculares”, afirma a farmacêutica Renata Piazera.

DIVERSÃO

Com alguns cuidados, aproveitar a companhia do cãozinho na praia pode ser divertido.

Na Europa existem até praias para cachorros. Relembre abaixo fotos da Croácia:

X