Morre Bella, cadela com câncer que fez viagem de despedida com o dono

Por Lívia Marra

A labradora Bella, que ficou conhecida por passar seus últimos meses viajando com o dono, morreu na sexta-feira (28), após lutar contra um câncer, nos Estados Unidos.

A cadela piorou nos últimos dias. Passou mal durante um passeio e começou a ter dificuldades para respirar. Foi medicada, mas não resistiu. Segundo o hospital veterinário onde foi atendida, morreu rodeada de amigos e de amor.

A história de Bella, 9, foi registrada em fotos e publicada em rede social pelo tutor, Robert Kugler. Eles viajaram a diferentes cidades americanas e se divertiram em matas, rios e praias. A cadela adorava brincar na  água, conforme as publicações.

“Quando foi dado pouco tempo de vida a Bella, decidi que era o momento [de viajar]. Começamos a compartilhar as fotos da nossa viagem para inspirar outras pessoas para lutar contra qualquer depressão, doença, incapacidade e sair para apreciar este belo planeta”, disse Kugler ao Bom Pra Cachorro em julho passado, quando o blog mostrou a história dos dois.

X

Bella foi diagnosticada em em maio  de 2015 com câncer nos ossos, que se espalhou para os pulmões. Na ocasião, Kugler precisou optar por eutanásia ou a amputação de uma das patas da labradora.

A expectativa era de que ela vivesse entre três e seis meses. Meses depois da cirurgia, Bella e Kugler iniciaram uma viagem de despedida. Nos registros, há imagens na praia, no campo, em monumentos.

“Adeus, meu amor. Obrigado por nunca me abandonar… nunca me julgar… nunca desistir de mim”, escreveu Kugler ao se separar de sua amiga.